Items filtered by date: Setembro 2017
Sábado, 30 Setembro 2017 00:00

Boa oportunidades para a caprinocutura

O baixo nível de consumo de produtos caprinos no Brasil, estimado em torno de 125 g por habitante/ano, aliado à crescente demanda por proteína animal de qualidade, com reduzidos teores de colesterol e de gorduras saturadas, e ainda o fato do nível de produção inspecionada ser insuficiente para suprir o mercado consumidor, são características que permitem vislumbrar boas oportunidades para o desenvolvimento da caprinocultura.

A esta demanda crescente de consumo, associa-se os grandes eventos desportivos, Copa do Mundo da FIFA 2014 e Olimpíadas de 2016, que geram uma expectativa de forte entrada de turistas no país. Este fluxo turístico, associado ao contínuo aumento do consumo nacional e internacional relacionado com as qualidades nutritivas da carne e dos produtos lácteos de caprinos, proporcionarão novas possibilidades ao setor nos próximos anos.

As características dietéticas, a maior digestibilidade quando comparado ao leite de vaca, a possibilidade de consumo por pessoas com dificuldades digestivas ou com alergias alimentares colocam o leite de cabra como um importante componente na indústria alimentar. Sua produção tem como foco principal a fabricação de queijos, mas uma porção relevante é comercializada como leite fluido, em pó ou congelado. Acrescente-se, ainda, o seu emprego como matéria prima na indústria de cosméticos.

Com a elevação da renda média da população, há o aumento do consumo de produtos de couro, em especial na indústria de móveis, calçados e no setor automobilístico.

A pele de caprinos é um importante derivado da pecuária de corte, sendo o produto com maior potencial de agregação de valor. Entretanto, ações devem ser estabelecidas para a valorização do produto, envolvendo desde práticas de manejo adequadas por parte dos produtores, até políticas de valorização do produto junto à indústria de curtumes.

Comércio

Existem grandes disparidades na estrutura de comercialização dos produtos oriundos da caprinocultura: no Nordeste brasileiro predominam a venda em feiras e o consumo de subsistência; e nas regiões Sul e Sudeste as vendas ocorrem em restaurantes, açougues e redes de supermercados.

Em grandes centros urbanos, especialmente do Nordeste, restaurantes se especializaram em carne de caprinos. A carne e o queijo de cabra são muito apreciados pelo setor gastronômico especializado, proporcionando pratos requintados, principalmente por meio da exploração de características regionais.

O leite de cabra é uma alternativa para aqueles que têm problemas digestivos ou que não toleram o leite de vaca.

Diversas instâncias governamentais, federal, estadual e municipal, vêm estabelecendo acordos com associações de produtores para compra de produtos caprinos, principalmente carne e leite, a serem fornecidos nos programas sociais de alimentação, gerando oportunidades para pequenos empreendedores e proporcionando novas possibilidades de segurança alimentar.

Assim sendo, identifica-se uma vasta rede de clientes potencias abrangendo frigoríficos, abatedouros, redes de supermercados, açougues, restaurantes e programas sociais de alimentação.

Fonte: SEBRAE

Publicado em Região

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 divulgou, hoje (25), no site oficial da Instituição, o Edital de abertura de inscrições para o concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro reserva de servidores na sede do TRF5 (Recife-PE) e nas seções judiciárias dos estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará e Sergipe. A organização e a realização do processo seletivo serão de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas (FCC).  As inscrições estarão abertas de 2 a 27 de outubro.

De acordo com o Edital, publicado no Diário Oficial da União de hoje (25), são oferecidas 14 vagas para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, sendo uma reservada para candidatos negros.  Aos candidatos com deficiência também serão garantidos 5% dos cargos que vierem a vagar ou forem criados dentro do prazo de validade do concurso, que será de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do TRF 5ª Região. O regulamento e o Edital podem ser conferidos no D.O.U desta segunda-feira (25).

Das 14 vagas oferecidas, três são para o cargo de Analista Judiciário da Área Judiciária, da Seção Judiciária em Pernambuco, sendo uma dessas vagas garantida ao candidato negro, em caso de aprovação. Duas outras vagas estão destinadas para ao cargo de Analista Judiciário Especialidade Informática/Infraestrutura nas Seções Judiciárias de Pernambuco e de Alagoas. Também estão abertas duas vagas para o cargo de Analista Judiciário Especialidade Medicina (Clínica Geral) nas Seções Judiciárias de Pernambuco e do Ceará. Para o cargo de Analista Judiciário Especialidade Contadoria está sendo ofertada uma vaga na Seção Judiciária de Pernambuco.

Outras cinco vagas disponíveis são para o cargo de Técnico Judiciário da Área Administrativa, nas seguintes Seções Judiciárias: Pernambuco (2); Paraíba (2) e Rio Grande do Norte (1). Há, ainda, uma vaga para Técnico Judiciário da Área Administrativa Especialidade Segurança e Transporte para a Seção Judiciária na Paraíba.

Remunerações e inscrições - A remuneração inicial para o cargo de Técnico Judiciário (nível médio) é de R$ 6.376,41 e, para o cargo de Analista Judiciário (nível superior), de R$ 10.461,90. Também será acrescido um montante de R$ 884,00, referente ao auxílio-alimentação.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela Internet, a partir das 10h do dia 02/10/2017 até as 14h do dia 27/10/2017 (horário de Brasília), no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br.  A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo desejado, sendo R$ 60,85 para Técnico Judiciário e R$ 70,85, para cargos de Analista Judiciário

Provas - As provas Objetivas e Discursivas (redação ou estudo de caso) estão previstas para acontecer no dia 03/12/2017. Elas serão aplicadas pela manhã, para cargos de Técnico Judiciário (todas as áreas/especialidades), e, à tarde, para os cargos de Analista Judiciário. A prova de capacidade física para o cargo de Técnico Judiciário Especialidade Segurança e Transporte ocorrerá apenas em 2018.

As Provas Objetiva, Discursiva e Prática serão realizadas nas capitais Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Maceió e Aracaju, conforme opção de Estado de classificação indicada pelo candidato, no ato da inscrição.

A confirmação da data e as informações sobre horários e locais serão divulgadas oportunamente, por meio de Edital de Convocação, tanto no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 5ª Região – Edição Administrativa (www.trf5.jus.br) quanto no site da Fundação Carlos Chagas, e por meio dos Cartões Informativos, que serão encaminhados aos candidatos via correio eletrônico (e-mail). Para tanto, é fundamental que o endereço eletrônico constante no Formulário de Inscrição esteja completo e correto.

Fonte: Tribunal Regional Federal 5ª Região

Publicado em Revista
Quarta-feira, 27 Setembro 2017 00:00

Memória de João Gomes de Lira - parte 9

Em 1951, no dia 21 de abril o Cabo João Gomes de Lira foi promovido ao posto de 3º Sargento pelo Coronel Holanda, por merecimento. No final do semestre iniciou-se o movimento para eleições para prefeito no Estado. O Deputado Diomedes Gomes Lopes, convidou o Sargento João Gomes de Lira para ser Comissário do distrito de Iguaraci, no município de Afogados da Ingazeira-PE. No dia 1º de junho foi nomeado para o referido cargo. João Gomes de Lira fez tudo para evitar problemas eleitoral. Só que no dia da eleição houve uma morte no distrito de Jabitacá. Sabendo do ocorrido, o comissário João Gomes de Lira deslocou para o distrito juntamente com o candidato a prefeito, Major Possidônio, e outros políticos. Em Jabitacá o clima estava tenso, um verdadeiro pé-de-guerra, apesar das presenças dos cabos Pompeu e Evandro. Com a chegada do Comissário João Gomes de Lira, a agitação diminuiu durante o resto do dia tudo ocorreu bem. Apurada as eleições saiu o vitorioso o Major Possidônio.

Publicado em História

Seu João Gomes. Trecho do documentário Xaxado - A dança de cabra macho. Mostra o xaxado em suas várias formas através do olhar do Grupo de xaxado Cabras de Lampião. Com depoimentos de diversas pessoas contemporâneas de Virgolino Ferreira, contam um pouco do que viram na época do cangaço. Direção de Camilo Melo. CAMMAR ÁUDIO&IMAGEM.

Publicado em Vídeo


Ricardo Ferraz e Pedrinho Vilarim homenageiam o Centenário de Nazaré do Pico  

No último dia 12 de agosto, o prefeito Ricardo Ferraz, aproveitando a solenidade do descerramento da placa comemorativa em alusão ao Centenário de Nazaré do Pico, para anunciar a construção de um museu da Força Volante de Nazaré. Em suas palavras, Ferraz afirma que não é de costume prometer, mas que iria iniciar à obra cujo o terreno ficará na lateral do Colégio Domingos Soriano de Souza.
Logo, dará início a um projeto antigo em que o povo nazareno tanto almeja, resgatando algo que ficou perdido no passado e levando para o presente todos os acervos, fotos e objetos dos séculos XIX e XX.
O sonho que durante muitos anos não conseguia obter devido as dificuldades financeiras e também a escolha permanente do local, cujo os problemas ainda é crônico quando se trata de novas edificações na própria vila com restrições por vários motivos.
O resgate de sua história para que não caia em esquecimento para novas gerações futuras, é de uma extrema importância para quem ama o distrito mais importante do Município de Floresta(PE).
Ainda será definida o início dessa importante obra, e assim, à cultura do povo nazareno ficará melhor representado para quem chega ao distrito em busca da sua história e novas pesquisas importantes sobre o combate ao banditismo de Virgulino Ferreira da Silva, vulgo Lampião e os seus soldados da Força Volante.    


Antônio Gomes Jurubeba


Força Volante de Nazaré do Pico


Coronel Manoel Neto

Juventude nazarena que fizeram parte da Força Volante


Tenente João Gomes de Lira apresentado sua farda de militar

Publicado em Variedades
Sexta-feira, 22 Setembro 2017 00:00

Memória de João Gomes de Lira - parte 8

Em 1951, o Sr. Coronel Pedro Holanda Cavalcante, Comandante do 3º Batalhão, recebeu do Comandante Geral da Polícia Militar do Estado, Sr. Coronel Roberto Pessoa, ordens para que à noite daquele dia Coronel Pedro de Holanda, mandasse realizar em seu carro, um serviço de patrulhamento na cidade do Recife por existir boatos de que os Comunistas iriam pinchar as ruas à noite.
João Gomes de Lira foi escalado juntamente com o soldado José Bezerra da Silva, filho natural de Triunfo.
O serviço foi realizado com roupa civil e o carro com chapa particular. A ordem dada pelo Coronel Holanda era que caso encontrasse alguém pinchando as ruas, derramasse o piche nos seus rostos. O itinerário, seguir era: Torre, Madalena, Estrada dos Remédios, Largo da Paz, Estância, Areias e Tejipió. Determinou que o serviço fosse iniciado às 21:00 h e fosse até às 04:00 h. No patrulhamento não houve anormalidade, e o Coronel Holanda, ficou muito satisfeito quando o seu motorista relatou todo desenrolar do serviço executado, por João Gomes de Lira e o soldado José Bezerra da Silva, onde na manhã seguinte foi ao gabinete avisou que um dia iria se encontrar.
Neste ano de 1951 iria haver eleições municipais em todo Estado. E por ter o Dr. Pedro Malta, juiz de Direito da Comarca de Inajá, inimigos na Mata Grande(AL), que juravam de morte, por precaução o mesmo afastou-se da Comarca tirando férias e licença Prêmio. Concluída a licença, apresentou-se no Tribunal onde recebeu ordens para seguir à sua Comarca. Lá deveria fazer os registros dos candidatos a prefeito e vereadores, pois o prazo estava esgotando-se. Dr. Malta, narrou sua história o Presidente do Tribunal  mandou falar com o Governador do Estado, Dr. Agamenon Magalhães. Este após ouvir o juiz encaminhou-o para Arcoverde e, que lá ao chegando chamasse o escrivão do Cartório de Inajá, Luiz Soriano Lopes Ferraz, para que ele ali fizesse os registros dos candidatos. O juiz descordou do governador por Arcoverde ser muito distante de Inajá, só que ele precisava de garantia policial, como seja: 1 Cabo e dois soldados. O Governo concordou e pediu que o mesmo sugerisse o nome do Cabo. Ao sair do Palácio deparou -se na Rua do Imperador com os Políticos de Inajá, João Inocêncio, Coronel Leobaldo de Coronel Manoel Neto, este candidato Prefeito de Inajá, foi logo falando que o Governador havia pedido o nome de 1 Cabo e dois soldados para seguirem com ele para o sertão.
Os políticos indicaram o nome de João Gomes de Lira e dali mesmo o o Dr. Pedro Malta voltou para o Palácio para informar ao Governo que já tinha um nome do Cabo, imediatamente o Governo entrou em contato com o Comandante Geral da Polícia Militar, Roberto Pessoa, deixar o Cabo João Gomes de Lira a disposição do Sr. Dr. Juiz de Direito, juntamente do duas praças. Tudo resolvido o Dr. Malta seguiu para o sertão com o Cabo João Gomes de Lira e os soldados Manoel Heráclito da Silva (florestano) e Francisco Wilson Dourado, filho do município de Pedra. Viajaram de trem até Arcoverde, pernoitaram em Merim (hoje ibimirim). Na manhã seguinte falou para o Dr. Malta o melhor seguisse logo para Inajá. O mesmo não concordou por temer complicações. O cabo João Gomes de Lira continuou insistindo e o Dr. Pedro Malta terminou cedendo. Chegando em Inajá, fez os registros dos candidatos, ficando para eleição e apuração. Tudo resolvido voltaram para o Recife, onde o Dr. Pedro Malta mandou um ofício para o Coronel Holanda fazendo altos elogios aos policiais que o acompanharam em uma missão tão espinhosa. O ofício foi publicado em Boletim.                  

Publicado em História
Sexta-feira, 22 Setembro 2017 00:00

1324 crianças em Floresta (PE) são beneficiadas

A Secretaria Municipal de Educação fez aquisição de colchões, beneficiando 1324 crianças, estes foram entregues nas creches e berçários da rede municipal, no dia 18 de setembro de 2017, por Ivoneide Leite e Luanda Vilarim que representavam o Poder Executivo, pela Chefe de Divisão da Educação Infantil Patrícia Gomes e o Apoio Pedagógico Geane Leite.

Fonte: Prefeitura Municipal de Floresta
Com o povo, construindo um novo tempo.

Publicado em Política

Floresta  
QUINTA-FEIRA Dia 12 de Outubro de 2017
19h – Noite Solene de Abertura Praça do Batalhão de Floresta
Centro Histórico - Floresta

19h20min – Formação da Mesa de Autoridades
19h30min – Hino Nacional Cerimonial
ANA GLEIDE SOUZA LEAL
19h35min – Apresentação do Cariri Cangaço
Por: GERALDO FERRAZ e JULIANA PEREIRA
19h45min - Fala das AutoridadesMANOEL SEVERO
PREFEITO RICARDO FERRAZ
20h05min - Entrega de Diploma ao Município de Floresta
Por: RAUL MENELEU E MANOEL SERAFIM
20h10min – Entrega de Títulos "Amigo do Cariri Cangaço"Por: EDVALDO FEITOSA E PROFESSOR PEREIRA
20h20min - Posse dos Novos Conselheiros Cariri Cangaço
Por:JORGE REMIGIO E NARCISO DIAS
20h40min - A Importância e o Legado do Batalhão
LEONARDO GOMINHO
GERALDO FERRAZ
MARCOS DE CARMELITA
21h00min - Coquetel de Abertura  PEDRINHO VILARIM
CECÍLIA DO ACORDEON

Floresta 
SEXTA-FEIRA Dia 13 de Outubro de 2017 
8h30min – Saída para Fazenda Favela
9h30min – Visita Guiada a Favela
10h - Conferência"O Fogo da Favela"MARCOS DE CARMELITA E CRISTIANO FERRAZ
12h00min - Almoço em Floresta
12h45min- Lançamento dos Cordéis Cariri Cangaço
FRANCISCO DE ASSIS A.S.
15h00min - Visita Guiada e Comentada
 ao Patrimônio Histórico de Floresta
VAVÁ PAULINO - AMÉLIA ARAUJO - BETINHO NUMERIANOJOÃO LUIZ - LEONARDO GOMINHO - ANA GLEIDEFÁTIMA ROCHA - MAZINHO - TOINHO BARBEIRO
BATALHÃO DE FLORESTA
CASARIORUA DOS COITEIROSIGREJA DO ROSÁRIOCONFRARIA DO ROSÁRIO
MEMORIAL CONCEIÇÃO CAHÚCORÊTO DA PRAÇAESPAÇO CULTURAL JOÃO BOIADEIRO
ESPAÇO BODEGA 
19h00min - Câmara Municipal de FlorestaSessão Solene de Concessão do Título de Cidadão de Floresta a
MANOEL SEVERO GURGEL BARBOSA
19h45min - Entrega de Homenagens do Cariri Cangaço
POR: FRANCIMARY OLIVEIRA E MÚCIO PROCÓPIO

20h00 - Lançamentos
"Lampião em 1926"LUIZ RUBEN BONFIM
" Dos Mitologemas na Imortalidade do Passado Lampiônico"VERLUCE FERRAZ
"Lampião na Historiografia de Sergipe"ARCHIMEDES MARQUES 

20h30min - Conferência"Missa do Vaqueiro: Uma História de Fé, Amor e Tradição"HELENA CÂNCIO
Presidente da Fundação Padre João Câncio
MESA:JUNIOR ALMEIDAIVANILDO SILVEIRA
JOÃO DE SOUSA LIMA


Nazaré do Pico 
SÁBADO Dia 14 de Outubro de 2017 
8h30min – Saída para Nazaré do Pico
9h00min – Solenidade de Boas Vindas
Comunidade de Nazaré do Pico
Escola Municipal Domingos Soriano Souza
Escola Estadual Terezinha Lira
Banda Nelson Barros da Rosa

9h10min - Hasteamento do Pavilhão Nacional
9h15min - Fala das Autoridades
PREFEITO RICARDO FERRAZ
VEREADOR PEDRO HENRIQUE NOVAES LIRA
MANOEL SEVERO
9h30min - Entrega de Diploma a Nazaré do Pico
MABEL NOGUEIRA, LUIZ FERRAZ FILHO e RUBELVAM LIRA
10h00min - Visita a propriedade Poço do Negro(Segunda morada de Virgulino Ferreira)
Descerramento da placa dos 100 anos do Umbu-cajá(Árvore plantada pelos irmãos Ferreira).
11h00min -  Rodada de conversa:PEDRO FERREIRA, MANOEL ISIDORO e Pesquisadores
12h00min - Almoço Dançante e Exposição de Fotos Clube de Nazaré do Pico.
13h30min - Entrega de Diploma às EscolasDomingos Soriano Souza e Terezinha LiraJAIR TAVARES E RANGEL ALVES DA COSTA
14h00min - Homenagem Póstumas aos Nazarenos Mortos por Lampião
Local: Monumento Praça Pública.
Resgate Histórico
HILDEBRANDO NOGUEIRA -"NETINHO FLOR"Valsa Ave MariaTADEU MENEZES
Polícia Militar de Pernambuco.
15h00min – Roteiro no Rastro da História NazarenaVisita às Residências dos Nazarenos e Monumentos da Vila.
NANCY DE SOUZA NOGUEIRA - RUBELVAM LIRA - MABEL NOGUEIRA  
EMANUEL NOGUEIRA - NETINHO FLOR
JOSÉ NOGUEIRA - ULISSES FLOR - EDVALDO GOMES DE SÁ
17: 00 h – Encontro na Igreja e Cortejo ao Cemitério Local"Por Quem os Sinos Dobram..."Homenagem do Cariri Cangaço aos Nazarenos Mortos e Sepultados no Campo de Batalha
17h30min – Encerramento com Homenagem ao Cariri Cangaço FAMÍLIA JOÃO GOMES DE LIRA 


Floresta
DOMINGO Dia 15 de Outubro de 2017

9h – Confraternização nos salões do Floresta Hotel Forró Pé de Serra
RecepçãoGFEC-Grupo Florestano de Estudos do Cangaço

 

Cariri Cangaço Floresta - Centenário de Nazaré 2017FLORESTA - NAZARÉ DO PICO , Pernambuco
Realização:INSTITUTO CARIRI DO BRASIL
PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORESTA
Apoio Institucional: SBEC- SOCIEDADE BRASILEIRA DE ESTUDOS DO CANGAÇO
GFEC-GRUPO FLORESTANO DE ESTUDOS DO CANGAÇOGECC-GRUPO DE ESTUDOS DO CANGAÇO DO CEARÁ
GPEC-GRUPO PARAIBANO DE ESTUDOS DO CANGAÇO
ICC - INSTITUTO CULTURAL DO CARIRI
GRUPO LAMPIÃO, CANGAÇO E NORDESTE
GRUPO O CANGAÇO
GRUPO OFICIO DAS ESPINGARDAS
GRUPO HISTORIOGRAFIA DO CANGAÇO

 

Publicado em Revista

O deputado federal licenciado e secretário de Transportes de Pernambuco, Sebastião Oliveira, ignorou o discurso do prefeito Luciano Duque, na última segunda-feira (18), que traçou um confronto político para 2018, rebatendo as declarações do secretário.

Na opinião de Duque, a oposição estaria montando um palanque e a população não teria interesse em fazer um debate recheado de provocações (relembre).

“Deixe eu lhe falar, eu estou me preocupando com a pauta positiva de Serra Talhada. Estou preocupado com o aeroporto; com a conclusão da PE-414 em Bernardo Vieira; com a entrega da requalificação da estrada da BR-232 no distrito de Varzinha; com a terraplanagem do Hospital Geral do Sertão, que a licitação abriu na sexta-feira17)”, disse Sebastião Oliveira, durante o programa Farol de Notícias, na rádio Vila Bela FM.

Durante a entrevista, Oliveira aproveitou para anunciar as primeiras ações em torno do futuro Hospital Geral do Sertão (HGS) que foi prometido pelo governador Paulo Câmara.

“Logo logo, eu vou estar aí, em Serra Talhada, dando ordem de serviço junto com a população, da terraplanagem de 33 metros quadrados para a construção do Hospital Geral do Sertão que ficou a cargo da Secretaria de Transportes. Em primeira mão, eu estou dando essa notícia aí no programa de vocês. Eu estou preocupado com isso, com as coisas que vão trazer benefício para a população de Serra Talhada, quem quer aparecer politicamente, parece que não saem da campanha, quem não desarma palanque é o prefeito”, reforçou Sebá.

Fonte: Farol de Notícias - Serra Talhada

Publicado em Política
Quarta-feira, 20 Setembro 2017 00:00

Memória de João Gomes de Lira - parte 7

Em 1947 no mês de agosto, João Gomes de Lira foi nomeado Comissário de Frexeiras, município de Escada, porém não chegou assumir o Comissariado, pois foi para o 2º Batalhão na Capital (Recife). Meses depois foi transferido para o 3º Batalhão, onde foi classificado Cabo Armeiro, da 2ª Companhia de 3º Batalhão, o Comandante era o Capitão Horácio Pereira (Horacinho) e Lourival Ferraz Barbosa era Sargentiante. João assumiu toda carga e responsabilidade da Companhia.
Um dado importante foi no ano de 1949 a transcrição de um carta do Coronel Manoel Neto para o Coronel Viriato Medeiros, Comandante Geral da Polícia Militar de Pernambuco. 


Tenente Coronel Manoel de Souza Neto

Sr. Coronel Viriato de Medeiros,

 

Ao me afastar da atividade da Polícia Militar, por circunstâncias de caráter nitidamente pessoal, deixando inúmeros companheiros de jornada, que ombro a ombro combateram comigo tenazmente o cangaceirismo em Pernambuco e nos demais estados vizinhos sem que me tivesse surgido uma oportunidade para recompensá-los de modo geral, deixei entre eles o Cabo Nº 187 da Companhia do 3º Batalhão, João Gomes de Lira, um dos que integrando a minha família juntamente com o seu genitor e mais dois irmãos não se negou a combater os malfeitores chefiados por Lampião, desde da sua juventude enfrentando prejuízos pessoal e material, derramando o seu suor e debilitando à sua saúde em longas caminhadas através de mais 4 Estados. Venho por meio desta apelar para o vosso sentimento de reconhecimento e justiça, pedindo-lhes a sua promoção para o 3º Sargento, ato que praticado considerarei a última homenagem que pude prestar a um daqueles que ajudaram a vencer os obstáculos mais difíceis que a ocasião de enfrentar. Quero antecipadamente agradecer a V. Sa. as provas de atenção e consideração que me dispensou quando na atividade e mais ainda venhaa dispensar ao meu último pedido. Respeitosamente subscrevo-me humildemente servidor.

                      Tenente Coronel Manoel de Souza Neto 

No entanto, o Coronel Viriato por motivos políticos não atendeu a solicitação do Cel. Manoel Neto. Este era simpatizante da UDN (União Democrática Nacional) e o Coronel Viriato do PSD (Partido Social Democrático). Morreu o Cel. Manoel Neto com esta mágoa, pois sempre comentava.

 

 

Publicado em História
Page 1 of 6

Nazaré do Pico é o 3º DSobreistrito de Floresta, no Estado de Pernambuco. Seu acesso é na rodovia PE-390 que interliga as cidades de Serra Talhada e Floresta. Nazaré fica a 54 km de Serra Talhada e 45 Km de Nazaré.

Galeria de Fotos