Items filtered by date: March 2018

Na última reunião, na Câmara Municipal, o vereador Chichico Ferraz solicitou a implantação da Internet grátis sem fio através de wi-fi nas avenidas, praças, pontos estratégicos de bairros, distritos e Agrovila 6 do município.

Chichico entende que a internet tornou-se uma necessidade básica e de fundamental importância na vida do ser humano.

E que nos dias atuais, ela representa um instrumento fundamental de comunicação, através do qual as pessoas exercem seus direitos de liberdade de expressão e opinião, utilização de serviços, busca por conhecimento e, sobretudo, tornou-se uma fonte crucial na disseminação de informações.

Nesse contexto, foi proposto ao governo municipal a implantação na cidade desse serviço de forma gratuita.

A implantação desse serviço vai melhorar o acesso às informações, promovendo a cidadania por meio da inclusão digital, com acesso de qualquer dispositivo que possua o sistema de captação wifi, como celulares, tablets, notbooks, etc.

 

Publicado em Política


Obras inacabadas é um um problema nacional, já que muitos antigos gestores no fim de 2016 inauguraram obras sem conclusão


Entregar obra incompleta pode dar punição por improbidade administrativa Obra pronta, mas sem condições de funcionar, também é enquadrada no projeto. Punição vai de multa a perda dos direitos políticos.

 A inauguração e a entrega de obras públicas incompletas ou que não estejam em condições de atender à população poderá resultar na punição do responsável por improbidade administrativa. É o que propõe o Projeto de Lei 7124/14, do deputado Sandro Alex (PPS-PR), que inclui essa prática entre as infrações previstas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92).

As penas previstas no artigo da lei em que o projeto inclui essa mudança são ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

A proposta define como obra pública todas as construções, reformas ou ampliações, custeadas pelo Poder Público, que servirem ao uso direto ou indireto da população, como hospitais, unidades de pronto atendimento, unidades básicas de saúde, escolas, centros de educação infantil, restaurantes populares, rodovias e ferrovias.

Obras públicas incompletas, segundo o texto, são aquelas que não estão aptas a entrar em funcionamento, por não preencherem as exigências do código de obras e edificações, do código de posturas do município e da lei de uso e ocupação do solo, ou por falta de emissão das autorizações, licenças ou alvarás dos órgãos da União, do estado ou do município.

O projeto também define como “obras públicas que não atendam aos fins a que se destinem” aquelas que, embora completas, não apresentem condições de funcionamento por motivos como a falta de profissionais, de materiais de uso corriqueiro necessários à finalidade do estabelecimento e de equipamentos imprescindíveis ao funcionamento da unidade.

Estratégias eleitoreiras
Sandro Alex explica que o projeto procura evitar as más práticas de “agentes políticos que fazem uso de estratégias eleitoreiras que visam tão-somente a promoção pessoal”. Ele cita como exemplo, “a obra campeã de inaugurações, que é a ferrovia Norte-Sul”, que “foi aproveitada para oito inaugurações ao longo dos últimos 17 anos, mas, até agora, nenhum trem percorreu os trilhos”.

“Outro triste exemplo é a creche do Jardim Liberdade, em São Paulo, que foi inaugurada antes de estar com suas dependências prontas. Como houve a justa cobrança da população para sua efetiva utilização, as crianças foram recebidas, mas tiveram que enfrentar as obras no local”, lembra o deputado.

Tramitação
O projeto, que foi apensado ao PL 4755/09, tramita em regime de prioridade e será analisado pelo Plenário da Câmara.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Dourivan Lima 
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias
Publicado em Política

Não importa se foi a Marielle
Já mataram, José, depois, João...b
Amanhã, poderá ser a Maria
Todo dia se mata um irmão!

Para mim não importa pelo nome
O que importa pra mim é ter razão
Se for negro, for pobre é ser humano
O que importa pra mim é o coração.

A TV tá fazendo estardalhaço
Porque foi Marielle dessa vez
Todo dia se mata e ninguém faz
Providência ninguém aqui já fez.

Precisamos tomar uma atitude
O Brasil tá sangrando no regresso
Eu convido você pra invadir
Resolver a questão lá no Congresso.

Brasileiro precisa é acordar
Pra mostrar na verdade seu valor
O País vai sangrando sem parar
Ninguém vai defender em seu favor.

Vamos lá acabar a mordomia
E fazer deputado trabalhar
Legislar trabalhando todo dia
E cadeia pra ele se roubar.

Eu aqui lhe convido com.poesia
Um poeta não era pra falar
mas confesso perdi a paciência
E o Brasil lhe convido pra SALVAR!

 

Publicado em Opinião
Wednesday, 14 March 2018 00:00

Tenente Davi Jurubeba relata sobre Lampião

Em entrevista concedida na época, o Tenente da Polícia Milita de Pernambuco, Davi Jurubeba (falecido), já relatava o que pensava do cangaceiro Lampão e de seu bando. O velho Tenente não poupou palavras o quanto o seu maior inimigo foi um bandido que matou várias pessoas de sua família e aterrorizou pelos lugares que passou. 

Publicado em História
Thursday, 08 March 2018 00:00

8 de março, feliz dia das mulheres!

O "nazaredopico.com.br" presta sua homenagem a todas as mulheres em especial a mulher nazarena batalhadora e forte.

Dia Internacional da Mulher é celebrado a 8 de março. A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto. Em 26 de agosto de 1910, durante a Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em Copenhaga, a líder socialista alemã Clara Zetkin propôs a instituição de uma celebração anual das lutas pelos direitos das mulheres trabalhadoras.

As celebrações do Dia Internacional da Mulher ocorreram a partir de 1909 em diferentes dias de fevereiro e março, a depender do país. A primeira celebração deu-se a 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, seguida de manifestações e marchas em outros países europeus nos anos seguintes, usualmente durante a semana de comemorações da Comuna de Paris, no final de março. As manifestações uniam o movimento socialista, que lutava por igualdade de direitos econômicos, sociais e trabalhistas, ao movimento sufragista, que lutava por igualdade de direitos políticos.

No início de 1917, na Rússia, ocorreram manifestações de trabalhadoras por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Os protestos foram brutalmente reprimidos, precipitando o início da Revolução de 1917. A data da principal manifestação, 8 de março de 1917 (23 de fevereiro pelo calendário juliano), foi instituída como Dia Internacional da Mulher pelo movimento internacional socialista.

Na década de 1970, o ano de 1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e o dia 8 de março foi adotado como o Dia Internacional da Mulher pelas Nações Unidas, tendo como objetivo lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres, independente de divisões nacionais, étnicas, linguísticas, culturais, econômicas ou políticas.

Publicado em Revista

Em entrevista concedida a rádio Líder do Vale em Serra Talhada, o prefeito de Floresta(PE), Ricardo Ferraz, explicou a real situação das obras inacabadas e sobre o futuro museu da volante na vila sede do distrito de Nazaré do Pico.
Bastante seguro nas suas colocações, o prefeito detalhou também as situações das estradas na região de Nazaré, a Escola Terezinha de Souza Lira e o posto de Saúde. 
Acompanhe na integra a entrevista concedida pelo prefeito nos áudios fornecido pela rádio Líder do Vale de Serra Talhada:






Publicado em Política

Apesar de ser uma vila pequena e fácil de ser administrada aparentemente, as calçadas da vila em Nazaré do Pico ainda não acompanha o padrão de várias áreas urbanas. Cadeirantes e pessoas de difícil locomoção principamente os idosos, tem dificuldade de circular pela única rua da vila por encontrar obstáculos e muitas vezes podendo ter o risco de se acidentar.
Vale lembrar que foi um alerta já comunicado a antiga gestão municipal que acabou não concretizado desde de 2016. Espera-se que essa obra simples seja resolvida e concretizada.   
rampa

cariri30
A igreja não tem rampas de acesso para cadeirantes

nazareaereo4
 Boa parte das calçadas estão conservadas porém não são acessíveis a cadeirantes e idosos

Publicado em Variedades

Nazaré do Pico é o 3º DSobreistrito de Floresta, no Estado de Pernambuco. Seu acesso é na rodovia PE-390 que interliga as cidades de Serra Talhada e Floresta. Nazaré fica a 54 km de Serra Talhada e 45 Km de Nazaré.

Galeria de Fotos