Items filtered by date: Janeiro 2018

A preocupação com a febre amarela e a desinformação estão levando pessoas a um crime: elas matam macacos. É um animal que não transmite a doença e que é importantíssimo para as autoridades sanitárias.

O filhote está se recuperando depois se ser apedrejado. A mãe não resistiu. Desde o fim de 2017, 13 macacos que sofreram algum tipo de violência chegaram ao Parque Ecológico de São Carlos, no interior de São Paulo. Cinco morreram. E tem sido assim em várias partes do Brasil, desde que os casos de febre amarela aumentaram.

Todos os macacos encontrados mortos no estado do Rio vão para um laboratório que é referência na investigação de doenças em animais. Só no mês de janeiro, os pesquisadores já examinaram mais de 130 macacos, um recorde de 60 anos do laboratório. O mais triste é que, de cada dez casos, sete são de animais mortos por pedradas, pauladas, envenenamentos e queimaduras.

“Trabalho há 22 anos como médica veterinária e 15 anos dentro deste hospital veterinário. E eu nunca vi na história deste hospital uma violência, tamanha violência, contra uma espécie como nós estamos vivendo hoje aqui”, disse Márcia Rolim, subsecretária de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio.

Além dos saguis, espécies ameaçadas de extinção, como bugios e até micos-leões-dourados, estão sendo alvo de ataques. Mas os especialistas alertam: os macacos não transmitem a febre amarela; são tão vítimas da doença quanto nós. 

Em áreas de mata, o vírus é transmitido pelos mosquitos hemagogus e sabethes, que vivem nas copas das árvores, e preferem o sangue dos macacos. Mas quando esses animais são mortos, as fêmeas podem voar mais baixo e mais longe para buscar o sangue humano.

Os macacos ainda são aliados no combate à doença, porque quando um deles é encontrado com febre amarela numa floresta ou parque, por exemplo, isso é um sinal para as autoridades, que podem isolar a área ou liberar o acesso só para quem foi vacinado.

“Os macacos mortos vão ter que ser investigados quanto à fonte de infecção, do que eles morreram, e vai sobrecarregar o sistema de diagnóstico nos laboratórios, que são os mesmos laboratórios de diagnóstico dos humanos e dos macacos que de fato estão com febre amarela”, explicou Ricardo Lourenço, pesquisador do instituto Oswaldo Cruz.

A situação é tão grave que pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz estão em campanha nas redes sociais. “Nós não vamos nos proteger matando macacos. Os macacos são vítimas da infecção e nos ajudam a identificar onde há transmissão de fato. Então nós não temos que matar macaco. Matar macaco não serve para absolutamente nada”, afirmou Ricardo Lourenço.

Matar ou agredir macacos - ou qualquer animal silvestre - é crime ambiental, com pena de até um ano de prisão e multa. A página do Jornal Nacional na internet mostra como denunciaresse crime.

Publicado em Ecologia
Quarta-feira, 24 Janeiro 2018 00:00

Iranildo Marques: O Brasil que nós queremos!!!

Publicado em Vídeo

Foi realizado no último sábado(22/01), na Fazenda Carnaúba, município de Custódia (PE), a III Confraternização da geração de filhos do casal, hoje falecidos, do Tenente João Gomes de Lira e Gisélia Amaral de Lira.
A confraternização tem por finalidade, aproximar e trazer a união das novas gerações do casal que era bastante querido no distrito de Nazaré do Pico.
O encontro ficou marcado por várias emoções entre os parentes que prometeu dar continuidade ao mesmo evento em 2019. 
 
liras5

liras6

liras7

liras8

liras9

liras10


liras13liras12

Publicado em Eventos
Terça-feira, 16 Janeiro 2018 00:00

Filhos da terra de Nazaré do Pico

Ulisses Flor relata algumas passasgens do Distrito de Nazaré do Pico.

Publicado em Vídeo

No último sábado (06), a cidade de Serra Talhada recebeu mais uma vez a confraternização da Família NAZAREMA, que pelo terceiro ano realiza o evento com familiares do povoado de Nazaré do Pico e da Fazenda Ema.

O evento foi organizado por vários familiares, que distribuíram as tarefas para cada um ficar responsável por um setor, contando assim, com a participação de toda a família. O publico presente, estimado em 500 pessoas, se divertiram ao som do sanfoneiro serra-talhadense, LUIZINHO DE SERRA  e LILA ( a Rainha da Seresta).

O evento foi realizado no Tunas Clube, contou ainda com a presença de autoridades públicas e diversos familiares que residem fora do Estado e que aproveitaram a confraternização para matar a saudade dos primos e amigos de infância.



É hoje que meu olho brilha
Vamos nos divertir, nos abraçar
É o terceiro encontro da familia
Veja só que maravilha 
Venham nos prestigiar

Teremos presenças marcantes
Primos de todas as idades
Uns que moram distantes
Outros que vemos bastantes
Pura interatividade 

Venha reviver seu passado
Ver que somos parte do seu futuro
Ficaremos lisonjeado 
Ter você ao nosso lado
Será o nosso maior orgulho

Se você é dançador
Luizinho de Serra faz forró 
Mas se for namorador
Temos Lila a rainha da seresta
Se nada for eu tenho dó 
Os Meninos de Ouro tem gogó
Pra complementa a nossa festa.

Hoje é sse o nosso lema
Somos pura diversão
Esqueça dos seus problemas 
É a família Nazarema
Em sua terceira edição! 

Evandro Cavalcante 
( Cebim ) 06/01/18.


nazarema19

nazarema17

nazarema12

nazarema4

nazarema23

Publicado em Eventos
Segunda-feira, 15 Janeiro 2018 00:00

Primeiras chuvas em Nazaré do Pico começa a surgir

ipoeria1
A seca aos poucos já começa a ceder, e no lugar cinza que antes havia nos últimos sete meses, agora dá lugar  ao verde da caatinga, renovando á vida na região. Como é de costume, o semi-árido nordestino no período chuvoso sempre mostra como a natureza é renovável. Como são as primeiras chuvas, enche de esperança novamente povo sertenejo que dias melhores virão, afinal, são sete anos de seca com chuvas irregulares e muitos prejuízos para à agricultura na região.
trevodenazarefloresta
  

Publicado em Região

Nazaré do Pico é o 3º DSobreistrito de Floresta, no Estado de Pernambuco. Seu acesso é na rodovia PE-390 que interliga as cidades de Serra Talhada e Floresta. Nazaré fica a 54 km de Serra Talhada e 45 Km de Nazaré.

Galeria de Fotos